segunda-feira, 26 de junho de 2017

Sensores de Proximidade Indutivos Sense ganham certificação Ex


Os Sensores de Proximidade Indutivos da Linha Standard da Sense receberam a certificação para Atmosferas de Poeiras Explosivas (Ex) do Cepel.


A produção dos sensores é feita de forma que não permita a penetração de qualquer tipo de poeira em seu interior e que, mesmo em condição de falha, não gere temperatura de superfície alta o suficiente para causar uma ignição em atmosferas explosivas.

A certificação garante que os sensores estejam seguros para operar em ambientes industriais agressivos, tais como produtores e distribuidores de grãos, moinhos de cereais, indústrias de alimentos, farmacêuticas, indústrias de processamento de carvão e madeiras, cervejarias, fábricas de resinas sólidas, indústrias têxteis, indústrias de celulose e papel.

Além dos sensores, os módulos de redes industriais e as bobinas solenóides já possuem esta certificação. Todos os produtos Sense são fabricados neste padrão.

Os sensores de proximidade indutivos Sense são a melhor opção de custo-benefício para a automação de máquinas e equipamentos. É adequado para o ambiente industrial na detecção de partes e peças metálicas não só de ferro ou aço, como também alumínio, latão e aço inox.

Sobre o Cepel

Ativo desde 1983, o CEPEL atua na certificação de produtos eletro-eletrônicos por meio da realização de ensaios em seus laboratórios. Em 1994, foi creditado pelo Cgcre - Coordenadoria Geral de Acreditação do INMETRO como um Organismo de Certificação de Produtos (Acreditamento Nº OCP0007).

Texto: Larissa Henriques

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Gerente Sense recebe certificação de Competência Profissional EX

O gerente de Marketing da Sense, Eng. Ricardo Rossit, recebeu a Certificação Internacional de Competência Profissional "Ex" pela UL. Rossit é uma das primeiras pessoas no Brasil a ganhar este título.


Essa certificação está relacionada à automação industrial com equipamentos utilizados em atmosferas potencialmente explosivas de indústrias químicas, petroquímicas e farmacêuticas, obtida através da Underwiters Laboratories junto ao sistema IEC (International Electrotechnical Commission).

Além de uma grande conquista pessoal para Rossit, o certificado garante um grande avanço para a Sense, pois, eventualmente, o mercado não cobrará somente a certificação nos produtos, mas também em seus profissionais.

A Sense já deu o primeiro passo nessa direção, principalmente por atuar na prestação de serviços de atmosfera explosiva!


Veja no site do IEC Ex o certificado do Ricardo:

terça-feira, 6 de junho de 2017

Automação de Válvula de Controle


A linha de produtos voltada para Automação de Válvulas de Controle tem se tornado um expressivo segmento dentro da Sense nos últimos anos. Neste sentido, nosso grande desafio é explorar novas soluções que atendam ao segmento de produção de fármacos por intermédio da automação das válvulas diafragma, largamente utilizadas. 
Considerando as atuais disponibilidades no mercado, somente é possível automatizar uma válvula diafragma utilizando equipamentos totalmente eletromecânicos, baseados exclusivamente em Chaves Fim de Curso tipo Micro Switch.   

Em um determinado processo envolvendo a produção e a manipulação de princípios ativos nas indústrias de medicamentos, as válvulas diafragma são as responsáveis pelo controle do fluxo de líquidos e gases do processo. 
Para tal, um equipamento que faz a monitoração da válvula é montado adequadamente em sua parte superior e, por intermédio de comandos de um Programador Lógico – PLC é possível realizar a abertura ou fechamento, bem como o monitoramento do seu estado lógico aberto/fechado. (I/O)

A INOVAÇÃO

Nossa proposta inovadora  partiu do princípio do desenvolvimento de um sistema que englobasse em um único invólucro, uma solução completa de automação para as válvulas diafragma, de forma totalmente inteligente, miniaturizada, com alta precisão e, principalmente, sem elementos mecânicos para detecção do estado lógico da válvula.



                                                                        

O desenvolvimento de uma família de monitores inteligentes com topologia tipo “Ponto a Ponto”, protocolos de comunicação ASI e DeviceNet para monitoração e controle de válvulas diafragma, tecnologicamente mais evoluídos quando comparado aos modelos do mercado internacional, proporcionou para a SENSE a ampliação da oferta de novos produtos para o segmento de automação de processos industriais além, é claro, de visualizar a globalização da marca.

Em seu escopo, inclui-se o desenvolvimento de um design inovador, desenvolvimento de uma topologia baseada exclusivamente em microprocessadores, desenvolvimento de placas de circuito impresso totalmente imunes a EMI/EMC, bem como funcionalidades totalmente inovadoras se comparadas com os atuais modelos de mercado.

Texto: Rodrigo Paduan Mendonça
Engenharia de Pesquisa e Desenvolvimento - P&D