segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Sensores capacitivos - O que é e como funciona?


Os sensores de proximidade capacitivos possuem aplicação similar aos sensores indutivos. Porém, os sensores indutivos utilizam campos eletromagnéticos para detectar a presença de objetos.
Já os sensores de capacitivos detectam a proximidade do objeto pela variação do dielétrico em sua região sensora. Quando um objeto se aproxima ocorre a alteração do dielétrico e consequentemente da capacitância utilizada em um circuito oscilador.
A imagem a seguir ilustra a variação da frequência no circuito oscilador de acordo com a aproximação do alvo:

Estes sensores são amplamente utilizados em diversas áreas da indústria, relacionada principalmente com a detecção de materiais não metálicos, tais como: vidro, madeira, plástico, cimento, argila, grãos, líquidos, etc.
Amplamente utilizados para detectar a presença de alimentos dentro de suas embalagens, e nível de líquidos e sólidos, pode ser considerado um excelente recurso para sistemas de controle de nível máximo e mínimo, obtidos através da instalação de um ou dois sensores, mesmo que esteja totalmente imerso no produto.

Em resumo, uma solução versátil e prática para variados tipos de aplicação, os sensores capacitivos são uma ótima opção para solucionar problemas gerais de automatização.
Abaixo exemplos de sensores capacitivos, que podem ser fornecidos em invólucros tubulares ou não cilíndricos:


Lucas Mota / Ricardo Rossit

Nenhum comentário:

Postar um comentário