Início/Contato

Sobre

Esse é o blog da Sense.

Nossa empresa quer interagir mais com você: cliente, fornecedor, representante, aluno, universidade, parceiro! Enfim todos os nossos stakeholders, que conhecem e querem estar a par do nosso mundo.

Para os que chegaram agora: essa é uma empresa de Automação Industrial, 100% nacional atuante nos segmentos de Automação de Manufatura e de Processo.

Estamos completando 40 anos de mercado, nossa fábrica se localiza em Santa Rita do Sapucaí - Minas Gerais, o escritório comercial está em São Paulo, e filiais em Campinas, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Temos representantes nas principais capitais, e trabalhamos com revendedoras especializadas em regiões estratégicas do país. Também exportamos para muitos países.

Em nosso blog você vai encontrar um pouco de tudo: cases de vendas, produtos, um pouco sobre o nosso mercado e negócios.

Esperamos a participação de todos: afinal é assim que se conversa!

quinta-feira, 18 de junho de 2015

Aplicação de Módulos I/O em Área Classificada (Ex) Parte 2

Conversão de sinais Discretos e Analógicos em ambientes com risco de explosão.

Abordamos recentemente a aplicação de conversores de sinais, instalados em ambientes com risco de explosão. Na ocasião, destacamos a proteção tipo Exd (à prova de explosão) e, neste momento, descreveremos uma solução utilizando módulos de campo com a proteção tipo Segurança Aumentada (Exe m) em conjunto com a proteção tipo tD (por invólucro).

A criação da portaria do Inmetro 179 de 2010 obrigou que em ambientes com poeiras combustíveis em suspensão, seja necessário que os equipamentos instalados tenham certificação específica. Sendo assim, a Sense vem aprimorando sua gama de equipamentos e soluções certificadas para que a tecnologia seja adequada para estes ambientes.

Atualmente o sistema de armazenagem se silos, transporte de grãos e açúcares em túneis, carregamento e descarregamento, envase e empacotamentos de farináceos e pós em geral, são todos passíveis de possuir poeira em suspensão. Estes projetos precisam se adequar às normas dessa nova portaria. Uma boa solução é a utilização de módulos de I/O da Sense. Isto porquê o custo do projeto se reduz, pois os sensores das válvulas guilhotina, por exemplo, e seus acionamentos são realizados usando um único módulo de rede que já possui IN e OUT em Profibus-DP, DeviceNet.

A instalação dos módulos conversores sendo realizados diretamente no campo e consequentemente, mais próximos dos elementos primários, garante um enorme ganho com redução de infraestrutura, montagem mecânica, star-up necessário e principalmente, garante a segurança dos operadores contra os riscos de explosão nestes ambientes.

PARA SABER MAIS A RESPEITO DESSE TIPO DE PROJETO, ENTRE EM CONTATO CONOSCO.

Autor: Cauê Monteiro – Coordenador de Vendas (PA)


Nenhum comentário:

Postar um comentário