quinta-feira, 20 de março de 2014

REDES INDUSTRIAIS E ÁREAS CLASSIFICADAS

Na década de 90, os circuitos eletrônicos passaram por um grande avanço tecnológico. Desde então, na realidade industrial, isso é um fator determinante para que alcance a excelência operacional desejada. O que consequentemente, trás a sustentabilidade e a competitividade para a empresa.

Grandes empresas dos setores químicos e petroquímicos possuem instalações onde são manipuladas substâncias perigosas, inflamáveis ou potencialmente explosivas; para automação de seus processos elas conseguem vantagens operacionais adotando soluções em Redes Industriais. Mas por conta desses ambientes, com grau de perigo elevado, os equipamentos devem ser diferenciados e oferecer a proteção necessária para que possam ser utilizados com segurança.

Por conta disso dessa realidade, a indústria eletroeletrônica fornecedora dos equipamentos utilizados nessas empresas iniciaram o desenvolvimento de todo o material, com tecnologias em Redes Industriais e certificados específicos para tal aplicação, tudo isso visando que esses equipamentos cumpram as regras de produção para garantir a segurança e integridade do meio onde serão instalados.

Atualmente, a Sense produz inúmeras peças para esse mercado e claro, que atendem as regras e protocolo, como: monitores de válvulas, módulos de I/O de campo, posicionadores, sensores de proximidades indutivos e capacitivos, instrumentos, barreiras de segurança intrínseca e muitos outros.

Além disso, a empresa também oferece profissionais especializados em Redes Industriais e áreas Ex que auxiliam e indicam as melhores soluções para os projetos de Automação.

Tudo isso com atendimento exclusivo, garantindo um processo de qualidade confiável e seguro, requisitos essenciais para um mercado como esse extremamente exigente. 

Monitores em rede Asi instalado em área potencialmente explosiva


Autor: Leandro Ivoglo - Engenharia de Aplicações

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário