Início/Contato

Sobre

Esse é o blog da Sense.

Nossa empresa quer interagir mais com você: cliente, fornecedor, representante, aluno, universidade, parceiro! Enfim todos os nossos stakeholders, que conhecem e querem estar a par do nosso mundo.

Para os que chegaram agora: essa é uma empresa de Automação Industrial, 100% nacional atuante nos segmentos de Automação de Manufatura e de Processo.

Estamos completando 40 anos de mercado, nossa fábrica se localiza em Santa Rita do Sapucaí - Minas Gerais, o escritório comercial está em São Paulo, e filiais em Campinas, Porto Alegre e Rio de Janeiro.

Temos representantes nas principais capitais, e trabalhamos com revendedoras especializadas em regiões estratégicas do país. Também exportamos para muitos países.

Em nosso blog você vai encontrar um pouco de tudo: cases de vendas, produtos, um pouco sobre o nosso mercado e negócios.

Esperamos a participação de todos: afinal é assim que se conversa!

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Protetores de Segmento PA

Os protetores de segmento em Profibus PA são caixas de derivações aplicáveis em ambiente de uso geral e atmosferas potencialmente explosivas, contendo uma placa com proteção eletrônica contra curto e sobrecarga em cada derivação.  Sua função é evitar que os curtos ocorridos nas derivações derrubem toda a rede, o que faz com que apenas o equipamento em curto seja isolado e o restante da rede continue funcionando normalmente. Dessa forma, é gerada uma diminuição no tempo de parada da planta e aumento da produtividade.


Os protetores são bastante aplicados em plantas industriais em processos que necessitam de segurança e estabilidade. Destacam-se também pelo fácil manuseio com conectores plug-in na entrada e saída de rede e nos spurs. Além disso, possuem fácil identificação visual de curto nas derivações e terminador de rede ativo e inativo através de led, selecionável através de uma chave dipswitch que se encontra no interno do derivador, garantindo a integridade do sinal de rede. 
Confira a imagens demonstrativas: imagem 1imagem 2.

Autor: Bruno Capitani - Engenharia de Aplicações

Nenhum comentário:

Postar um comentário