quarta-feira, 9 de outubro de 2013

NANOTECNOLOGIA E SENSORES: QUAL A RELAÇÃO?

A nanotecnologia e a área de sensores nunca estiveram tão ligadas. Nesse momento as pesquisas buscam por novidades para melhorar a sensibilidade e a seletividade, isso porque os nanomateriais proporcionam dispositivos mais sensíveis, leves, eficientes, com melhor tempo de resposta, menor consumo de energia e total mobilidade; cacarcterísticas fundamentais para o aprimoramento do sensores.

Esse tema é foco de pesquisas em universidade no mundo inteiro. O Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista - UNESP em Araraquara,  junto com o Departamento de Materiais e Engenharia do Massachusetts Intitute of Technology – MIT nos EUA, estão juntos em estudos de materiais nanométricos para a fabricação de sensores de gases poluentes com fins de monitoramento ambiental e industrial. As matérias-primas usadas são óxidos e semicondutores de alta sensibilidade e grande seletividade. Outros projetos analisam a potencialidade de uso de materiais como NO2, SNO, SnO, NOO2.

Sabe-se porém, que ainda há muito a ser explorado relacionado às propriedades de materiais com seu tamanho reduzido. Por sorte, avanços científicos nessa área são crescentes.

Para conferir a matéria completa, acesse aqui

Fonte: site www.nei.com.br

2 comentários: